São José dos Campos Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
16 de outubro de 2016 08:59

Embraer abre novo PDV nas suas fábricas no Brasil

papo empresarial com sergio nigro

Por Papo Empresarial

sergio nigro banner sombra

embraer

A desde quinta-feira (06) os engenheiros, técnicos de nível médio e secretários podem aderir a um novo Plano de Demissão Voluntária nas fábricas da Embraer em todo o país.

De acordo com a empresa, a medida foi tomada para atender ao pedido de alguns sindicatos que informaram ter empregados ainda interessados em deixar a companhia área.

Além disso, o plano ajuda a Embraer no corte de despesas que tem de chegar a US$ 200 milhões ao ano.

Quem quiser participar do plano tem até o dia 11 de outubro para fazer a adesão.

A empresa analisará nos 2 dias seguintes quais empregados poderão ser desligados e as homologações ocorrerão no dia 17 ainda deste mês.

O pacote oferecido é o mesmo já informado anteriormente sendo que, o funcionário terá direito ao pagamento rescisório e a indenização de 40% do salário nominal proporcional ao tempo de empresa, direito a seis meses de plano de saúde e odontológico e apoio em programas de palestras e workshops de qualificação.

O PDV é um instrumento utilizado tanto pelas empresas particulares quanto pelas estatais como uma forma de enxugamento do quadro de pessoal, visando otimização dos custos e racionalização na gestão de pessoas.

Além dos direitos previstos na legislação, normalmente as empresas concedem outras vantagens aos empregados que aderem aos programas como:
• Um salário nominal por ano de trabalho;
• assistência médica ao empregado e dependentes de 6 (seis) meses a 1 (um) ano após o desligamento;
• complementação do plano de previdência privada;

No dia 1° de outubro a empresa realizou o desligamento de aproximadamente 1,4 mil trabalhadores que aderiram ao PDV aberto em setembro e recusou apenas sete pedidos de adesão.

Segundo os Sindicatos dos Metalúrgicos, que representa os trabalhadores em São José dos Campos, onde é a sede da empresa, foram pelo menos 600 adesões ao PDV na unidade.

Nas fábricas e subsidiárias, como a Eleb, que mantém no Brasil e no exterior, a Embraer tem atualmente cerca 19 mil empregados, sendo 13 mil em São José dos Campos.

As fábricas no Brasil ficam, além de duas em São José, também em Taubaté, Sorocaba, Botucatu e Gavião Peixoto.

Conforme publicado em seu balanço do segundo trimestre, a Embraer fez um provisionamento no valor de US$ 200 milhões para pagamento de uma possível multa a ser cobrada pelo governo norte-americano.

A Embraer está sendo investigada pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro por envolvimento em um caso de propina para a venda de oito aviões Super Tucano à Força Aérea da República Dominicana.

A denúncia foi feita em 2010 pelo Departamento de Justiça do governo dos Estados Unidos.

A legislação americana prevê punição para empresas com negócios naquele país que cometam corrupção

sergio-nigro-patroc-tempero

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*