São José dos Campos Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
15 de abril de 2016 11:12

Redes sociais podem incrementar vendas, saiba como usá-las a seu favor

Por Papo Empresarial

sergio nigro banner sombra redesRedes sociais podem incrementar vendas, saiba como usá-las a seu favor. Para ter sucesso nas redes é preciso conhecer o público e investir nos canais certos. Avisar que um produto novo chegou, aumentar as vendas, divulgar promoções e interagir com o cliente.

É possível fazer tudo isso através das mídias sociais, basta traçar uma estratégia eficiente de posicionamento online. No final de 2014, uma pesquisa realizada pelo Sebrae com empresários de pequenos negócios concluiu que 92% deles estão na internet, mas apenas 42% a utilizam para divulgar produtos e serviços.

Segue algumas dicas de como seu empreendimento pode engajar clientes e arrasar nas redes sociais.

O primeiro passo para decidir como divulgar sua empresa é analisar quem é o público-alvo, o que provavelmente já foi definido durante a elaboração do plano de negócios. Revise, então, faixa etária, nível de renda, grau de escolaridade e pesquise quem são os líderes de opinião no segmento.

Ter todas essas questões claras garante que você estará falando com as pessoas certas nos canais certos, além de facilitar o processo de concepção da comunicação. Assim como sua empresa, cada rede social tem públicos e características próprias. Saber os recursos que ela oferece e quem a utiliza é fundamental no planejamento de campanhas.

A pesquisa realizada pelo Sebrae também identificou quais redes sociais são mais utilizadas por cada tipo de negócio.

Quem trabalha com alimentação, por exemplo, tem um produto visualmente atraente, o que torna a criação de um perfil no Instagram uma boa opção. Fazer anúncios em rádios locais pode dar visibilidade para sua empresa, mas o investimento nas redes sociais costuma ser mais barato e eficaz.

Antes de patrocinar publicações ou comprar anúncios online, o empreendedor teste o que funciona ou não com aquele público. Isso torna os investimentos mais assertivos e aumenta as possibilidades de retorno. Entrar nas redes sociais e aprender a utilizá-las talvez seja a parte mais fácil de todo o processo. O mais difícil, e onde os erros são mais comuns, é a produção de conteúdo.

Além de tomar cuidados básicos, como a utilização correta da língua portuguesa, é preciso ir além da mera divulgação, transformando seu canal em algo útil para o cliente. Se você vende utensílios de cozinha, por exemplo, ao invés de simplesmente dizer qual é o valor e onde encontrá-lo, mostre formas de utilização e sugira uma receita.

Uma alternativa eficiente para alcançar o público é o e-mail marketing. Além de ser uma opção barata, já que o próprio empresário pode criar um mailling e enviar o conteúdo, trata-se, também, de uma ferramenta que otimiza o tempo. A partir de um único envio é criado um canal de comunicação com diversos clientes.

O Google é a melhor praça de vendas.

De fato, seja investindo em campanhas de Google AdWords ou apenas utilizando técnicas para que seu site fique bem posicionado na página, você pode facilitar a vida de quem busca serviços como os oferecidos por sua empresa. Aprender a utilizar as palavras-chave específicas do seu negócio em sua página oficial e em certas redes sociais o torna mais facilmente encontrável por possíveis interessados. Quem está começando a utilizar os recursos virtuais já deve saber que dicas e cursos sobre redes sociais são abundantes na internet.

No site de Canais Digitais do Sebrae Mercados, por exemplo, foram mapeados os 30 sites e aplicativos que mais podem ajudar a vender produtos e serviços. Nos boletins há uma breve descrição de como funciona o serviço, quais as vantagens e que tipo de negócio pode ser beneficiado.

Contato: colunistasergio@hotmail.com

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*