São José dos Campos Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
20 de agosto de 2014 01:14

Café durante gravidez eleva risco de leucemia na criança

Cafeína pode alterar o DNA das células dos fetos, o que os torna mais suscetíveis ao desenvolvimento de tumores

Por Redação Silvia Helena
Foto: Acervo Crescer
Foto: Acervo Crescer

Consumir café durante a gestação pode elevar o risco de os filhos desenvolverem leucemia na infância, segundo pesquisa publicada pelo American Journal of Obstetrics and Gynaecology.

A cafeína pode alterar o DNA das células dos fetos, o que os torna mais suscetíveis ao desenvolvimento de tumores, segundo conclusão do estudo.

Após analisarem os últimos 20 estudos, os pesquisadores descobriram que as crianças de mulheres que tomavam café durante a gravidez eram 20% mais propensas a desenvolver leucemia. Já as mães que consumiam mais de duas xícaras por dia, tinham um risco de 60%. As que consumiram quatro ou mais xícaras por dia aumentaram o risco para 72%.

Para o professor Denis Henshaw, que analisou o estudo, deve haver um cuidado maior com o caso.

Há entradas relacionadas para este artigo.

“Eu não acho que as mulheres devem parar por completo com o café durante a gravidez, mas como medida de precaução, deverão limitar sua ingestão. Poderia ser para menos de duas xícaras por dia ou apenas ocasionalmente”, explicou.

O National Health Service (NHS) orienta as futuras mamães a consumirem apenas 200mg cafeína por dia, o equivalente a uma xícara e meia de café.

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.