São José dos Campos Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
16 de agosto de 2014 22:46

Exercícios físicos em excesso podem levar à morte

Os que já sofreram ataque cardíaco e se exercitam intensamente têm 2,5 vezes mais chance de morrer

Por Redação Silvia Helena

atividade

Aqueles que já passaram por um ataque cardíaco e praticam exercícios físicos acima do recomendado têm 2,5 vezes mais chance de morrer do que pessoas que se exercitam moderadamente.

Cientistas consideram  excessivo a atividade física que ultrapassa 50 quilômetros de corrida ou 75 quilômetros de caminhada por semana.

Os pesquisadores analisaram a relação entre atividade física e mortalidade em pacientes que tiveram ataque cardíaco. Ao todo, participaram do estudo 2.400 pessoas não sedentárias com idade média de 63 anos.

Entre as pessoas que praticavam menos de 50 quilômetros de corrida ou 75 quilômetros de caminhada por semana houve uma redução de 65% no número de mortes decorrentes de eventos cardiovasculares. Já os que se exercitavam além dessa quilometragem tinham 2,5 vezes mais risco de morrer.

“Os resultados sugerem que os benefícios da corrida e da caminhada não se acumulam indefinidamente. Acima de uma quantidade, há um aumento significativo da probabilidade de surgirem problemas cardiovasculares”, escreveram os pesquisadores, Paul Williams, do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, e Paul Thompson, do Hospital Hatford.

Os autores destacam que, como o estudo foi feito com sobreviventes de ataques cardíacos, os resultados não podem ser aplicados a todas as pessoas que fazem exercícios intensos.

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.