São José dos Campos Diário - Conteúdo interativo de notícias, vídeos, esportes, lazer, blogs e jornalismo
25 de abril de 2016 11:49

São José dos Campos: Hospital da Mulher

Segunda fase irá disponibilizar 98 leitos

Por Redação Silvia Helena
A Prefeitura de São José dos Campos lançou em 31-3-2016 a segunda fase do Hospital da Mulher. O projeto prevê a construção de um prédio, com até sete andares, que irá disponibilizar 98 leitos. A autorização para licitação da obra foi assinada pelo prefeito no Paço Municipal. hospital mulher 2As novas instalações vão ampliar a capacidade de atendimento e integrar serviços de saúde da mulher. Os detalhes sobre essa nova etapa do Hospital da Mulher foram apresentados pelo prefeito em cerimônia realizada no auditório do sétimo andar do Paço Municipal.

A solenidade contou com a presença do secretário de Saúde, do secretário de Obras, do superintendente do Hospital Municipal, e demais autoridades.

“Sabemos que as mulheres possuem questões específicas de saúde e nada mais justo do que elas terem um espaço próprio e organizado para atender essas necessidades”, disse o prefeito. A obra vai ocupar 8.500 metros quadrados de área construída, em terreno ao lado do Hospital Municipal, na Vila Industrial. O térreo vai abrigar a recepção do hospital, um pronto atendimento para a mulher e um setor de oncologia clínica.

O primeiro andar será destinado ao tratamento ambulatorial (ginecologia e obstetrícia), banco de leite e setor de cirurgias de pequeno porte. O segundo andar será destinado ao atendimento das mulheres que se encontram em trabalho de parto ou acabaram de dar à luz. O local terá 10 salas de atendimento individualizadas de parto, salas de cirurgia e salas de cirurgia ginecológica e oncológica. O terceiro andar vai servir de apoio técnico para a área de cirurgia, podendo ser utilizado também com atividades administrativas. Já o quarto pavimento será destinado ao setor de maternidade com até 44 leitos. No quinto andar, vai funcionar a enfermaria de ginecologia, também com até 44 leitos.

No final da construção, será criada laje técnica para mais dois andares, com elevação do fosso dos elevadores e escadas. Numa futura necessidade de expansão, essa poderá ocorrer sem grandes inconvenientes ao dia a dia do hospital. “O prefeito está cumprindo com os compromissos assumidos com a população mesmo em momentos de crise. O Hospital da Mulher é uma grande obra não só pelo seu projeto arquitetônico, mas também pela importância social que a unidade representa em São José”, destacou o secretário de Saúde.

A modalidade da contratação será do tipo “Built to Suit”, no qual a empresa vencedora da licitação realiza a construção e arca com os custos da obra. Depois de pronta e entregue, a Prefeitura pagará um aluguel à empresa por 15 anos. As propostas das concorrentes poderão ser entregues até dia 4 de maio. O valor de referência para obra é de R$ 45,6 milhões.

O Hospital da Mulher será um marco na atenção à saúde da mulher, ampliando o atendimento nas áreas da ginecologia e obstetrícia, proporcionando mais conforto e uma capacidade maior de resolução de média e alta complexidade em saúde. O cronograma das obras prevê a entrega por etapas, sendo a primeira prevista para agosto/setembro de 2016. Os prazos podem ser alterados em decorrência do processo de licitação.

mulher hops mulher sjc

Primeira fase

No dia 5 de março, a Prefeitura inaugurou a primeira fase do Hospital da Mulher “Doutora Therezinha Veneziani Silva”. Até o dia 29 de março foram realizados no local 1.770 atendimentos, sendo 1.141 consultas e 629 exames. A unidade ambulatorial está instalada em um prédio de dois pavimentos, com aproximadamente mil metros quadrados, na Vila Industrial, região leste da cidade. A unidade fica ao lado do Hospital Municipal e do Centro Lucy Montoro.

Entre os serviços que a unidade presta estão exames especializados, consultas, acompanhamento pré-natal de alto risco, acompanhamento para pacientes com câncer de mama e mulheres vítimas de violência. Só nesta primeira fase, o investimento foi de R$ 4,8 milhões (R$ 1,8 milhão com a construção e cerca de R$ 3 milhões com mobiliário e equipamentos).

Uma ação importante do hospital, já nesta primeira fase, é o diagnóstico rápido de câncer de mama. Antes, uma paciente levava cerca de seis meses para fechar o diagnóstico, desde a suspeita, no consultório do ginecologista, até a conclusão. Tempo necessário para fazer os exames diagnósticos (mamografia e ultrassom), retornar ao ginecologista, encaminhamento para o mastologista para a biopsia e, depois, ao oncologista, para início do tratamento.

Agora, com o Hospital da Mulher, será possível poupar um tempo precioso já que os três exames, caso sejam necessários, poderão ser realizados no mesmo local e dia. A unidade foi inaugurada com uma prioridade inicial: zerar a fila de espera por exames de ultrassom. Por esse motivo, foi feita a opção planejada de reforçar o atendimento com três aparelhos de ultrassonografia, já que os exames de mamografia estão sem demanda reprimida na rede municipal.

A unidade está integrada a rede de saúde pública de São José dos Campos. As pacientes são encaminhadas para exames e consultas no Hospital da Mulher após encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde (UBS), responsáveis pelo atendimento inicial.

Fonte: Prefeitura de SJC
.

Expediente São José dos Campos Diário
Bem vinda! Bem vindo!
Email: sjcdiario@gmail.com
http://app.vc/sjcdiario

PORTAL DE NOTICIAS SJC DIÁRIO
WhatsApp (12)9-8152-0288 – SEU PAINEL DE NEGÓCIOS

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.